Destaques

Direto de Brasília

UPP precisa virar Unidade de ação social

A insatisfação social no Rio de Janeiro assume dimensões preocupantes. Num conflito recente, a UPP de Manguinhos foi incendiada e o Comandante do Batalhão da Polícia Militar baleado em troca de tiros com bandidos armados. Vozes respeitáveis do Rio tentam convencer o governador Sérgio Cabral de que chegou a hora de reconhecer que, ao invés de UPP – Unidade de Polícia Pacificadora, a favela precisa é de UPP- Unidade de Políticas Públicas.

Petistas não combatem boatos do Facebook

No Facebook e nas demais redes sociais, devemos nos prevenir contra os boatos. Nos últimos anos, circulou foto em que o presidente Lula aparece “lendo” um livro de Paulo Coelho de cabeça para baixo. Fiz o exercício de colocar nas mãos um livro na mesma posição e vi que a foto é uma farsa. A capa está na página de trás do livro. Alguém jogou essa mentira nas redes e os lulistas nunca se organizaram para denunciar o boato.

Financial Analysis with graphs and data  in brazilCriação de municípios em ano eleitoral é ruim

O Brasil tem hoje 5.570 municípios, mas pode ganhar mais 400 logo, se depender dos deputados federais e dos senadores. O Congresso Nacional deverá discutir se derruba veto da presidenta Dilma Rousseff a projeto já aprovado nesse sentido. O governo teme que quase 400 municípios sejam criados a partir das novas regras. A autorização para a criação de mais 400 municípios não parece prudente em ano eleitoral.

Prevista inflação de 6,28%  no final do ano

Analistas econômicos entrevistados pelo Banco Central prevêem que a inflação de 2014 chegará a 6,28%, o que sinaliza que o Banco Central pode voltar a aumentar a taxa de juros, que já é a maior do mundo. A inflação é medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). As estimativas feitas estão acima do centro da meta (4,5%) e abaixo do limite superior (6,5%). É função do BC fazer com que a inflação fique dentro da meta.

Dilma não segura a barra e cai de cotação

O festival de notícias negativas que atingiu a presidente Dilma Rousseff nas últimas semanas começa a se refletir nas pesquisas de opinião. Houve recuo de 43% para 36%, entre novembro de 2013 e março de 2014, no percentual da população que avalia como ótimo ou bom o governo Dilma, segundo pesquisa CNI-Ibope. Alguns tentam atribuir isso à volta da inflação e ao aumento dos juros, mas há muitos outros fatores, como a queda da confiança da população, as denúncias de corrupção e o trabalho que começa a ser feito pelos candidatos de oposição, além das posturas infelizes da presidente ao aparecer em público.

Impunidade no Brasil é mesmo assustadora

O fato mais representativo da impunidade no Brasil ocorreu há pouco, com a prisão do ex-assessor do Senado José Carlos Alves dos Santos. Em 1993, ele trabalhava na Comissão de Orçamento do Congresso Nacional e desviou milhões. José Carlos levou 21 anos para ser condenado. Na década de 90, ficou preso pouco tempo por outro crime bárbaro: matou a própria mulher, mãe dos seus filhos, a assessora do Ministério da E

ducação Ana Elizabeth, que havia descoberto seus crimes.

Aeroporto de Brasília fica pronto em maio

Alysson Barros, presidente do Consórcio Inframérica, está otimista com o atendimento a ser prestado aos turistas que vierem a Brasília para a Copa do Mundo. Ele garante que, com as obras de reforma e ampliação previstas para serem entregues até 24 de maio, o Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek estará plenamente funcional em junho, quando receberá milhares de passageiros a mais. Será mesmo o grande teste.

Comprar em dólares vai sair mais caro

Comprar em dólares vai sair mais caroAs compras dos brasileiros em outros países continuam crescendo e devem gerar novas medidas de contenção por parte do governo. Os gastos no exterior chegaram a US$ 1,915 bilhão, em fevereiro, de acordo com dados do Banco Central. O Palácio do Planalto se preocupa com esse desequilíbrio nas contas externas e vai apertando o cerco pouco a pouco, obrigando os que gastam mais lá fora a pagar mais.

Prazo menor para a abertura de empresas

Antônio Augusto de Moraes, secretário de Micro e Pequena Empresa, informa que o DF será a primeira unidade da Federação a testar um sistema que reduzirá o prazo para abertura e fechamento de empresas de 150 para cinco dias. A Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (RedeSim) é a novidade. Esperamos que dê certo, pois em seguida o sistema será espalhado por todo o Brasil.

Um show brasiliense cresce na TV Brasília

Um show brasiliense cresce na TV BrasíliaRicardo Noronha, um grande comunicador brasiliense, que já foi até deputado federal, apresenta todos os domingos, das 14h30 até as 16h, o programa Ricardo Noronha Show. Desde 2011, ele constrói esta atração nitidamente brasiliense, divulgando artistas, políticos, empresários e todos os destaques do DF. Na TV Brasília, a atração cresce a cada semana e desperta o interesse de todos nós.

Força da Internet no Distrito Federal

O instituto de pesquisa Dados estudou a Internet no DF, entrevistando três mil eleitores nas 31 regiões administrativas. A pesquisa de fevereiro mostrou que 71,6% dos eleitores brasilienses vivem ligados na comunicação digital. Em respostas cumulativas (indicadas diversas fontes), eles apresentaram as seguintes preferências: deu Facebook com 55,5%; pesquisas ou busca de informações, 46,7%; notícias, 36,7%; vídeos/youtube, 32,6%; Twitter, 15,8%; e Jogos, 11,3%.